sábado, 18 de junho de 2011

MEU GRITO!...


imagem internet


Eu gritei!
Mas o meu grito, não ouviste até ao fim!
Nem sequer deste por nada…

Porque não tinha som?

Nesse meu grito, que só tu poderias ouvir
Estava toda a minha esperança!

O reflexo de um sonho alimentado á distância!
Só por mim sonhado!

Porque este meu grito
Que foi para além do infinito, passou por ti!
Mas não paraste para ouvir!

Nem um sussurro!...
Projectado por um eco refletido
Mas não sentido!...

Talvez deturpado pela distância
Mas nada, não teve importância!

Porque não estavas atento ao meu lamento
Eu gritei!
Chamei-te desesperada

Mas tu…
Nem deste por nada!



Sem comentários:

Enviar um comentário